sábado, 11 de novembro de 2017

Um dia bom

E o mar azul


Por: Yri Maya
Aquele momento tranquilo que você vê as ondas batendo nas pedras 
 O canto dos pássaros e a luz do sol de uma bela tarde
Aquele Pôr do Sol de novembro iluminando as águas da Baía

Aquele som  de maresia, o cheiro de sal, pessoas mergulhando, barcos velejando 
Você ali admirando toda essa beleza natural, junto com o jazz que vai chegando
O sol sai de cena para a lua fazer a sua arte no céu

O Mar ainda com o belo azul, fica mais escuro, com o facho de luz prata iluminado pela lua
Os barcos voltam para os seus lugares, depois de uma dia bom.
"Quantas histórias pra contar? Em cada vela que aparece um canto de alegria de quem venceu o mar"


terça-feira, 7 de novembro de 2017

E o próximo encontro? Como será?



A natureza de uma mulher



Em um daqueles eventos que você vai, do nada... paaaaah... Ele aparece!
O cara que você gosta, está bem ali e já te viu, está indo em sua direção
Você dá somente aquele velho e lindo sorriso
Na cabeça dele, ele já pensou mil coisas

Mas você, vai ficar na sua, seu sorriso já o atraiu para te dar um oi
Com isso, você fala naturalmente, um abraço, um beijo no rosto e só
Sem muita agonia, você vai curtir o som que estará rolando, não dê atenção para ele

Mais tarde ele pode te ligar, não atenda de primeira, deixe chamar duas vezes
Tente imaginar o que você ganha deixando de atender de primeira?
Uma ligação perdida? Uma nova ligação?
Tanta coisa acontece e se vier uma nova ligação atenda e veja realmente o que rola

Pode ser um convite para alongar a noite, um lugar mais reservado, uma carona pra casa
Quem sabe desses homens imprevisíveis?
Mas agora pare e pense: se eu fosse afobada ele teria interesse em mim?

O bom, é ser natural, e nos olhos, a serenidade de uma pessoa tranquila, atraente e cheia de si.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

O Proibido é mais Gostoso

Delícias Crocantes

Um encontro armado ente você e eu
Dois mortais se entregando ao prazer 
Desejos proibidos o tesão a flor da pele

Tudo acontece naquele encontro, naquela noite
Uma piscina somente nossa onde ali estávamos 
Molhados e sedentos, loucos de prazer 

Era uma transa diferente, luxúria, sedução, erotismo junto
Um conflito intenso dentro d'água: era tu que me penetravas
E eu te beijava, gemia em teus ouvidos

Minha carinha maliciosa te excitava ainda mais, tu mordia-me os seios excitando-me
Era o que eu queria! Aquela aventura sexual vivenciada somente por nós
E eu me deliciava com tua forma de penetrar-me, eu já não respondia por meus atos 

Você sabia me fazer gozar com tuas intensas palavras e teus árduos carinhos
Sussurros ofegantes em sons que alternavam em frêmitos agudos
Nos influenciavam ainda mais não conseguíamos parar era impossível parar


terça-feira, 30 de junho de 2015

Sensualidade em Demasia

Me Excita mais 

Tua pele tinha um perfume intenso, um perfume que me deixava louca
E contra parede você e me apertava e no teu rosto um sorriso sacana
Tua cara de safado já me chamava para um beijo, um beijo tórrido

Uma quentura subia em meu corpo e eu já o sentia dando sinal de vida
Enquanto você me tinha sob domínio, me vendava e arrancava minha blusa
A blusa desliza pelo meu corpo, tu aproveitas e alisa meus seios sob o sutiã

De tanto fogo e excitação, nós dois ali já nos entregando um ao outro
Você me lambia o corpo e aquela sensação gostosa da tua língua percorrendo o meu corpo
Na parede mesmo você já me penetrava e eu te sentindo em mim

E em mim frêmitos pelo corpo todo, o fogo tomava conta do nosso corpo
Nós suados e gemendo, ruídos intensos, sussurros, beijos, mordidas
E vendada continuo, uma sensação extrema e bastante fogosa 

quinta-feira, 25 de junho de 2015

DESEJOS SECRETOS

"Brinque com meu fogo e venha se queimar"

Vi uma vez em um bar, não sei realmente o que senti, mas ao se apresentar eu senti um calor
Um calor no corpo, talvez fosse um aviso, mas enfim, só sei que senti, ao tocá-lo, enfim: desejo
Ele me chamou a atenção, tua voz, teu sorriso, teu jeito, um charme sedutor que só ele tem

Provocante, ele esquenta minhas noites, me faz suar, me tira do sério, me excita como só ele sabe
Nunca imaginei que isso fosse rolar com ele, nossas coincidências e nossas loucas confidências
Tão intenso que no silêncio da madrugada a gente se encontra, nem que seja para trocar desejos

Ele invade meu corpo sem pudor, sem meio termo, com intensidade e com tesão me contorço
Não consigo conter-me de tanto desejo, numa noite ele me enlouqueceu com tuas imaginações
Tua língua em minha pele, me lambia o néctar o mais intimo liquido e arrancava-me gemidos

Não temos medo, nem receio, somente o desejo, desejo de se deleitar no mais profundo orgasmo
Onde os dois permanecem entregues a ambos, eu enfim podendo me deliciar com no teu fogo
Um fogo denso e arrebatador, que ao mesmo ponto que queima arde em frêmitos extremos

É surreal? Não faço a mínima ideia, mas sei que ele sabe o momento mais oportuno para tal
Nas noites mais frias ele me tira o folego, em um beijo excitante, nem imagino o que sou capaz
Já ele, safadinho como sempre me venda e faz a noite o prazer de um encontro noturno secreto

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Um Beijo no pescoço

O Maior Tesão 

E no corredor um encontro acontece
Um sorriso na tua boca, aparece e me chama pra ti
Você segura meus braços força e nós dois rimos

Boca, nuca, mão e na tua mente o prazer
Um beijo ardente que ruboriza ambos os rostos quentes
E você desce lentamente com a boca até o meu pescoço 

E me beijando fica, aquela boca com sabor de fruta mordida
Reações: Tesão, Sorriso, Fogo Louco, gemido
As quatro rações que você podia causar em mim e ao meu corpo

Enquanto dou leves arranhões em tuas costas
Você ainda mordisca meu pescoço, me fazendo delirar 
Arrepios, tremores, pequenos gemidos tomam conta do corredor escuro 

Saindo do corredor de mãos dadas a correr entrando no carro
Duas vibrantes risadas são ouvidas enquanto lembram da loucura que ambos fizeram
E no sinal vermelho, eles ainda estão pensando no que vem por aí: o desejo em demasia
 

sábado, 27 de dezembro de 2014

Em cada toque seu, um arrepio

#Vaaaaaaaaaaaaai

De dentro do teu olhar eu via um sentimento gostoso
Suas mãos brincam por todo centímetro do meu corpo
Há cada mordida uma história, há cada toque um arrepio na nuca

Há cada beijo, um gemido leve no ouvido
Meu corpo em suas mãos, teu cheiro já estava em mim 
Cada beijo que tu davas no pescoço era um sorriso

Há cada instante contigo a pele do meu rosto ficava em brasa 
O calor subia pelo corpo, eu perdia totalmente a noção 
Confidências ditas em voz baixa em ambos ouvidos