quinta-feira, 25 de junho de 2015

DESEJOS SECRETOS

"Brinque com meu fogo e venha se queimar"

Vi uma vez em um bar, não sei realmente o que senti, mas ao se apresentar eu senti um calor
Um calor no corpo, talvez fosse um aviso, mas enfim, só sei que senti, ao tocá-lo, enfim: desejo
Ele me chamou a atenção, tua voz, teu sorriso, teu jeito, um charme sedutor que só ele tem

Provocante, ele esquenta minhas noites, me faz suar, me tira do sério, me excita como só ele sabe
Nunca imaginei que isso fosse rolar com ele, nossas coincidências e nossas loucas confidências
Tão intenso que no silêncio da madrugada a gente se encontra, nem que seja para trocar desejos

Ele invade meu corpo sem pudor, sem meio termo, com intensidade e com tesão me contorço
Não consigo conter-me de tanto desejo, numa noite ele me enlouqueceu com tuas imaginações
Tua língua em minha pele, me lambia o néctar o mais intimo liquido e arrancava-me gemidos

Não temos medo, nem receio, somente o desejo, desejo de se deleitar no mais profundo orgasmo
Onde os dois permanecem entregues a ambos, eu enfim podendo me deliciar com no teu fogo
Um fogo denso e arrebatador, que ao mesmo ponto que queima arde em frêmitos extremos

É surreal? Não faço a mínima ideia, mas sei que ele sabe o momento mais oportuno para tal
Nas noites mais frias ele me tira o folego, em um beijo excitante, nem imagino o que sou capaz
Já ele, safadinho como sempre me venda e faz a noite o prazer de um encontro noturno secreto

Um comentário:

  1. Que delícia.
    Adorei...muito bem escrito...fascinante

    ResponderExcluir